quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Médico demitido por causa do Programa Mais Médicos?

Vi essa imagem no perfil de uma amigo hoje, acompanhado da seguinte mensagem:

DILMENTIRINHA....

Eis que você está trabalhando numa prefeitura do interiorzão do Brasil, onde o governo Dilma diz que “nenhum médico brasileiro quer ir”, e recebe um comunicadozinho “simpático” desse rescindindo o seu contrato de forma abrupta, sem preocupação com a sua situação de chefe de família, de pai, de mãe...
Demitir médicos para dar lugar aos cubanos? Como assim???
Eis aí a verdadeira face deste programinha mentiroso do governo do PT.
O programa "Mais Médicos" tinha por fim contratar médicos para regiões em que não há médicos, e não para substituir médicos já contratados. Afinal, é "mais médicos", e não "outros médicos"...
Mais uma arapuca da presidAnta Dilmentirinha...


Essa imagem parece ser autêntica e os dados encontrados no Datasus corroboram a existência de um médico chamado Luccas Salvador Salomão que trabalha (ou trabalhava) em São Gabriel da Cachoeira. E sim, o município foi selecionado para receber um médico do programa nessa primeira etapa.

Infelizmente, no momento dessa postagem, a última atualização feita ao sistema foi no dia 9 de Agosto, 3 dias antes do comunicado recebido. Portanto, ainda não é possível garantir que esse comunicado seja verdadeiro. Atualizarei o post quando o sistema for atualizado

Assumindo que o comunicado seja verdadeiro, existe uma informação relevante no site da Datasus: a data de atribuição do Médico foi dia 11 de Maio de 2013. Até 12 de Agosto 2013 se passaram 93 dias. Minha hipótese é que ele foi demitido dentro do período de contrato de experiência. A razão da demissão permanece uma incógnita, mas seria preciso ouvir os dois lados para ter certeza.