domingo, 9 de dezembro de 2012

Sequestro relâmpego? Senha invertida neles!

Essa corrente, além de ser falsa, pode trazer grandes transtornos para quem está sofrendo um sequestro relâmpago, pois ao digitar a senha errada algumas vezes o cartão pode ser bloqueado, impedindo a vítima de conseguir o dinheiro exigido, o que pode aumentar as chances de algo pior acontecer:

> > > > SENHA DO CARTAO DO BANCO INVERTIDA
> > > >
> > > > UTILIDADE PUBLÍCA
> > > > 
> > > > Se voce for alguma vez, forçado por um ladrao a 
> > > > retirar dinheiro do 
> > > > caixa eletronico, voce pode avisar a policia
> > > > imediatamente, digitando a 
> > > > senha ao contrario.
> > > > Por exemplo, se sua senha for 1234, entao voce 
> > > > digita 4321. A maquina
> > > > reconhece que sua senha esta invertida, de acordo 
> > > > com o cartao
>que voce
> > > > acabou de inserir. A maquina, de qualquer maneira, 
> > > > lhe dara o dinheiro, mas
> > > > para o desconhecimento do ladrao, a policia sera 
> > > > imediatamente acionada/
> > > > enviada para lhe ajudar.
> > > > Esta informacao foi recentemente ao ar via TV, e 
> > > > declara que isso
> > > > raramente e usado, porque as pessoas nao sabem da 
> > > > existencia desse
> > > > mecanismo
> > > > de defesa. Por favor, passem isso adiante a todos 
> > > > que voce conhece.
> > > > E uma informacao extremamente util e necessaria. 


O mais interessante é que a técnica descrita poderia sim ser implementada pelos bancos, até sem muitas dificuldades técnicas. No entanto, na minha opinião, ela não seria eficaz no caso de sequestro relâmpago: o tempo entre notificação e chegada da polícia provavelmente seria muito grande e até encontrarem as vítimas seria bem possível que os sequestradores já estivessem longe.

Além disso, não demoraria muito para os criminosos descobrirem esse canal e "sugerirem" que suas vítimas não o utilizassem. Conheço um casal que já foi vítima dessa violência e o que os bandidos mais enfatizavam era rapidez, utilizando inclusive a mulher do casal como refém para que o homem sacasse o dinheiro o mais rápido possível.

E para não haver dúvida da inexistência deste sistema, a própria polícia federal, em campanha divulgada no seu site oficial, já declarou que essa corrente é falsa.