terça-feira, 28 de maio de 2013

Para que trabalhar? Bolsa família é BEM MELHOR!

Essa imagem tem circulado na Internet a mais ou menos 1 semana:


E as pessoas que compartilhem tem adicionado o seguinte texto (existem variações):

ESSA É PRA VOCÊ QUE TRABALHA O MÊS INTEIRO E RECEBE R$ 678,00 VAMOS DAR UM SALVE PARA O LULADRÃO O REI DO CRIME, DILAMA DU CHEFF E TODA CORJA DO PT... E VIVA A PREGUIÇA DO POVO BRASILEIRO!! ACORDA BRASIL.. OLHA A CORDA.

Ok, primeiro um aviso: eu não vou e nem quero discutir a questão política e/ou eleitoral do Programa Bolsa Família. Não é o objetivo desse blog manifestar apoio a, ou ser contra, um governo ou qualquer partido. Você, leitor, tem todo direito de concordar ou discordar do programa, mas eu irei apenas dissecar a verdade sobre a imagem apresentada.

Estamos entendidos? Então vamos lá.

De início, eu vou descartar a possibilidade dessa imagem ser falsa. Até tentei investigar um pouco mais, mas eu não sou perito nisso e não poderia afirmar categoricamente se é falsa ou não. Portanto, vou assumir que é verdadeira, ao menos por enquanto.

Também irei descartar a possibilidade de fraude. Não que isso não seja possível, mas não é essa a mensagem que as pessoas que compartilham a imagem querem passar.

O primeiro passo foi conferir as regras do Programa Bolsa Família (BF). Em linhas gerais, tem direito ao BF as famílias que possuem renda per-capta menor do que R$70,00. E existem 4 tipos de benefícios (que podem ser acumulados):

  1. Básico: a família recebe R$70,00 por mês, independente do número de pessoas na família.
  2. Variável: famílias que "tenham em sua composição gestantes, nutrizes, crianças e adolescentes até 15 anos". O valor é de R$32,00 por pessoa, por mês e é limitado a R$160,00 por mês.
  3. Variável jovem: famílias que "que tenham em sua composição adolescentes entre 16 e 17 anos". O valor é de R$38,00 por pessoa, por mês e é limitado a R$78,00 por mês.
  4. Superação da Extrema Pobreza na Primeira Infância: Destinada a famílias que já recebem dinheiro do BF, mas que ainda continuam com uma renda per-capta menor do que R$70,00. O valor do benefício é o necessário para que a renda per-capta da família atinja o mínimo de R$70,00.
Assumindo que o valor máximo pago, dados os benefícios disponíveis, será para que a renda per-capta da família seja de R$70,00 por pessoa, o valor pago pelo BF nesse caso (R$772,00 - os R$80,00 não se referem ao BF) é para uma família de 11 pessoas! E isso assumindo que absolutamente ninguém dessa família tem renda, pois caso tivesse o valor teria que ser menor, ou então é uma família com mais de 11 pessoas.

Eu suponho que quem compartilhou a mensagem assumiu que esse valor era dado para uma pequena família de 3, 4 pessoas, mas dado as regras do bolsa família, esse valor não seria possível com tão poucos membros.

Bem, agora que já sabemos que o valor apresentado é factível, dadas as regras do programa, eu volto a ter dúvida sobre a veracidade da imagem. A razão é que, se existem 4 benefícios, eles deveriam estar descriminados como tais. No entanto, existe apenas um grupo chamado Bolsa Família e um outro Bolsa Família Jovem.

Por que apenas dois grupos, especialmente quando onde um dos valores é tão alto que se enquadraria apenas no benefício da Superação da Extrema Pobreza na Primeira infância?

Existe a possibilidade de erro ou de que realmente é assim que o extrato aparece? Claro que sim! Mas sem atestar a origem da imagem, a dúvida permanecerá.